Continua a luta contra as novas medidas nos meios de transportes de massas (formas de controle e de vigilância muito estritas, barras nos ônibus e no metrô, câmeras de vigilância no interior dos vagões, vigilantes especiais para os meios de transportes de massas, em colaboração com a Polícia, e sobretudo a medida do bilhete eletrônico (registrando os dados pessoais do passageiro e excluindo pessoas do uso dos meios de transportes de massas).

A Coordenadora de coletivos do centro de Atenas pelo uso gratuito dos meios de transportes de massas realizou duas ações antes da manifestação de sábado, 11 de março. Na quarta-feira, 1º de março, houve uma “intervenção” nos ônibus urbanos no centro de Atenas. Faixas foram penduradas e slogans pichados na parte externa dos ônibus. Na sequência, folhetos foram distribuídos em pontos de ônibus e trólebus, bem como dentro deles. Na quinta-feira, 2 de março, uma ação foi realizada na estação de metrô Vitória. Panfletos informativos sobre as novas medidas foram distribuídos no interior da estação e áreas circunvizinhas. Essas ações são uma continuação da manifes tação de 18 de fevereiro e das ações que a precederam.

No sábado, 11 de março, está marcada uma marcha pelo centro de Atenas contra as novas medidas e em favor da utilização gratuita dos meios de transportes de massas por todos e todas. A concentração será na praça Monastiraki, às 12h.

O texto em castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo