Cartaz publicado no site do coletivo anarquista Vogliamo tutto e per tutti.

Depois de mais uma “negociação difícil” entre o Estado grego e os credores, nós somos os únicos que devemos procurar medidas adequadas…

Reduções nas pensões e nos salários: Reivindicação, resistência, solidariedade de classe.

Bilhete eletrônico, confiscos, despejos: Nenhuma casa nas mãos do Estado e do Capital, ocupação de casas vazias, auto-organização social.

Aumentos de preços, contas e impostos: Recusa a pagar, expropriações, gestão coletiva da vida cotidiana.

Contra a distopia do desenvolvimento capitalista e do superavit de 3,5%, contra a desilusão, a passividade, a opressão e a miséria: Organização e luta contra o Estado e o Capital, pela emancipação social e de classe, por um mundo de igualdade, justiça e liberdade. Se não lutarmos hoje pelo impossível, amanhã…

Coletivo anarquista Vogliamo tutto e per tutti

Tradução: Agência de Notícias Anarquistas.

O texto em grego, castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo