A seguir, texto editorial do Atenas Indymedia, publicado por ocasião da visita oficial do fascista Erdogan à Grécia nos dias 7 e 8 de dezembro de 2017.

Em 7 de dezembro de 2017, o fascista Erdogan vem para a Grécia, convidado pelo governo local “esquerdista”. O assassino dos povos curdo e turco vem apertar a mão e reforçar suas relações com os mafiosos inescrupulosos que manipularam as expectativas do povo pelo Poder e os imigrantes, e agora estão negociando sem vergonha alguma armas com os assassinos do povo do Iémen, para receber como presentinho a prisão e tortura de lutadores turcos, e o encobrimento de seus crimes pela vizinha Europa “democrática”. Indesejáveis (“personas non gratas”).

Na quinta-feira, 7 de dezembro de 2017, a partir das 18 horas (Propileos da antiga Universidade de Atenas) nos manifestamos:

Contra a presença do fascista Erdogan. Pela libertação imediata dos nove lutadores curdos e turcos presos na Grécia. Pela solidariedade internacionalista com os povos da Turquia em luta. Pela libertação dos prisioneiros políticos curdos e turcos, encarcerados nas masmorras das prisões turcas.

O texto em grego, castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo