A seguir, publicamos o chamado do grupo anarquista de Patras Dissinios Ippos (Cavalo Indomável) e da Organização Política Anarquista a uma concentração e marcha nesta cidade, em 18 de setembro, quatro anos depois do assassinato do músico antifascista Pavlos Fyssas por um batalhão de assalto neonazista em um bairro de Pireus. Várias manifestações antifascistas serão realizadas entre os dias 16 e 18 de setembro em Atenas e em várias cidades do território do Estado grego.

Quatro anos depois do assassinato de Pavlos Fyssas pelos batalhões de assalto do Aurora Dourada…

O julgamento do Aurora Dourada ainda está em andamento, sendo seu principal objetivo a imposição da “normalidade democrática” e a consolidação da teoria dos dois extremos. Ao mesmo tempo, está sendo preparado o reaparecimento dos batalhões de assalto paraestatais, o assassino Rupakiás saiu da prisão, e se pretende ilegalizar e reprimir a luta social e antifascista nas ruas, com os ataques e acusações contra várias mobilizações antifascistas e com constantes perseguições de ativistas anarquistas e antifascistas.

…O fascismo mata desde a Europa até a América…

Não esquecemos o assassinato de Pavlos Fyssas, em 18 de setembro de 2013, no bairro do Pireo Keratsini. Não esquecemos o assassinato de Shehzad Luqman no bairro de Petrona, em Atenas. Não esquecemos o recente assassinato de Heather Heyer em Charlottesville, nos EUA. Não esquecemos a cruel surra dos pescadores egípcios no bairro Pérama, em Pireus, e as centenas de acusações assassinas contra refugiados e imigrantes, que são realizadas com apoio ou presença da Polícia. Não esquecemos as dezenas de ataques covardes contra okupas, centros sociais ocupados e espaços de bairros, contra ativistas anarquistas, esquerdistas e antifascistas.

…O movimento anarquista e antifascista organizado combate o fascismo e o sistema que o engendra.

Antifascistas e anarquistas lutam contra o fascismo em toda a Terra: Desde as concentrações em Oreokastro e os confrontos nos tribunais de Atenas com os batalhões de assalto fascistas, até às ruas de Sofia, Boston e Charlottesville, milhares de pessoas confrontam os fascistas, anulando suas concentrações e enfrentando a repressão estatal, o Estado e o capitalismo.

Esmagar o fascismo, construindo um amplo e horizontal movimento anti-institucional, social e de classe, cujo objetivo é derrubar o sistema que o engendra.

O fascismo é esmagado na rua pelas pessoas que lutam.

Organização Política Anarquista – Federação de Coletividades

Concentração e marcha, segunda-feira, 18 de setembro de 2017, Praça Georgíu, às 18h30.

Grupo anarquista Dissinios Ippos (Cavalo Indomável), Organização Política Anarquista

Tradução: Agência de Notícias Anarquistas.

O texto em grego, castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo