Na segunda-feira, 13 de março de 2017, vários policiais acompanhados por um promotor e vários lacaios irromperam na okupa “Local Autogestionado de Agrinio”. A ocupação do edifício em que está instalado o Local aconteceu em dezembro de 2015. A invasão e o desalojo desta okupa foram realizadas simultaneamente com invasões em duas outras okupas em Atenas (uma delas para abrigo de imigrantes).

De acordo com informações publicadas no site da okupa de Agrinio, os policiais averiguaram minuciosamente o interior do edifício, abrindo armários e gavetas, quebrando várias portas, tentaram provocar um curto-circuito para inutilizar vários aparelhos elétricos, destruíram vários móveis, levaram três bandeiras, provocando danos ​​a vários dispositivos de gravação e reprodução de imagens e de som, soltaram os dois cães que viviam no interior do edifício da okupa, e ainda levaram 600 euros (não chegaram ao lugar onde estavam escondidos mais 45 euros).

Os membros da okupa e vários solidários entraram nela depois que as forças repressivas se retiraram. Na tarde do mesmo dia foi realizada uma concentração em frente ao edifício do local autogestionado.

Fonte e fotos, aqui.

Tradução: Agência de Notícias Anarquistas.

O texto em castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo