Comunicado da Coordenadoria de Ierissós contra a mineração de ouro, sobre o assassinato de Berta Cáceres.

A notícia de que Berta Cáceres, líder do Conselho dos Povos Indígenas de Honduras, foi encontrada morta, crivada com dois tiros na cabeça por assaltantes em sua própria casa, tem despertado memórias tristes e familiares em nossos corações, aqui em Calcídica, Grécia. Familiares, porque os nossos povos experimentaram extrema repressão e ataques violentos nas casas daqueles que resistem nesta longa luta contra os planos extrativistas de Eldorado Gold. Triste, porque percebemos que as forças da destruição e da morte não hesitam em sacrificar vidas humanas na frenética corrida do “crescimento”. Há investimentos a qualquer custo na Grécia, Honduras e muitos outros locais em todo o mundo que estão sendo sacrificados no momento atual. Nós lutamos contra essa lógica. Talvez a dureza com que somos tratados varia de acordo com o continente do planeta que habitamos, no entanto, a mensagem das corporações multinacionais e dos políticos que servem os seus interesses é comum para todos: qualquer um que esteja no nosso caminho encontrará um final trágico.

Ironicamente, o ataque mortal na casa da ativista teve lugar em 3 de março, ao amanhecer do dia de seu aniversário. Portanto, devemos prestar homenagem à vida de Berta Cáceres. Render honra a toda luta da vida contra a lógica mortal dos lucros sobre as vidas humanas e a vida de um povo; render honra as vozes que não se calam e lutam por sua terra. Nós, os e as habitantes que vivem em Calcídica em luta nos unimos para a justa raiva dos e das que lutam em Honduras, que não se rendem e não aceitam o rolo compressor do que hoje é considerado “legal e aceitável”. Esta ameaça tem rosto e tem características – o rosto daqueles que promovem a destruição dos recursos naturais comuns para o benefício de poucos, e as características assassinas dos que sacrificam lugares e pessoas que se interpõem em seu caminho.

Desde Skuriés até Honduras: Não permitimos nenhum sacrifício em função de lucros efêmeros! Não aceitamos a aniquilação violenta de nenhum ser humano! Honra às vidas que honram a vida!

Coordenadoria de Ierissós contra a mineração de ouro

Fonte: soshalkidiki.wordpress.com.

Tradução: Agência de Notícias Anarquistas.

Leave a Reply

*

Arquivo