Atenas, 8 de abril de 2017: Manifestação antifascista em resposta à agressão neonazi contra estudanteAtenas, 8 de abril de 2017: Manifestação antifascista em resposta à agressão neonazi contra estudanteAtenas, 8 de abril de 2017: Manifestação antifascista em resposta à agressão neonazi contra estudante
Segue o texto da Organização de Antifascismo Combativo sobre a manifestação antifascista realizada no sábado 8 de abril no bairro de Ampelokipi, próximo do centro de Atenas, por causa da agressão que havia realizado uns dias antes um batalhão de assalto neonazi contra um estudante universitário.

Em 8 de abril de 2017, pela manhã, milhares de lutadores se manifestaram no bairro de Ampelokipi contra a organização criminosa Aurora Dourada. Expressaram sua indignação pela surra dada por um batalhão de assalto fascista a um estudante, em 31 de março, e pela tentativa dos fascistas de semear o terrorismo no bairro.

Uma vez mais vimos a cara dura do fascismo. Enquanto estão desaparecidos durante os últimos tempos, tendo recebido uma série de golpes por parte dos antifascistas, não duvidaram em pôr no ponto de mira a um cidadão inocente, tratando de jogar o papel dos combativos, tanto como resposta às queixas que há em seu interior, como para mostrar seus “dentes” a nosso grupo político. Fracassaram uma vez mais, e se afundaram em sua inexistência.

Estão tratando de tirar partido do ambiente internacional que promove a extrema-Direita como uma alternativa à crise política e econômica a nível mundial. No entanto, na realidade política grega as coisas são diferentes. O movimento antifascista de classe não só não foi esmagado, senão que está reivindicando e está marcando vitórias. Anulou todas as tentativas do Aurora Dourada de aparecer na rua, e constantemente surgem oportunidades de seguir fazendo-o.

É um desafio para este movimento não tranquilizar-se conformando-se com estas vitórias, aproveitar-se da conjuntura e da correlação de forças, seguir esmagando os esbirros dos patrões em todos os campos da vida social e política, investir nestas vitórias e aparecer mais forte e capaz de dar mais batalhas no futuro.

O espectro do passado ruge e segue sendo uma força política forte que espera a oportunidade política para emergir (aparecer) de novo. A organização, a determinação e a projeção de nossa proposta serão os fatores que darão o golpe de graças a sua existência, e serão os impulsos para continuar dando a luta de classe.

Organização de Antifascismo Combativo

O texto em grego, castelhano.

Leave a Reply

*

Arquivo